Estimulante sexual natural: como aumentar a libido?

Se você deseja se manter ativo na cama durante a noite toda, mas não consegue, saiba que não é o único. Hoje existem diversas formas de aumentar o desejo sexual e a duração da relação utilizando estimulante sexual natural.

Muitos alimentos que ganharam fama por auxiliar a aumentar a libido de forma natural são mitos, com o chocolate por exemplo. Porém existem no mercado atual alimentos que podem atuar como um excelente estimulante sexual natural. Uma dieta balanceada e rica em vitaminas e minerais ajudam a aumentar o desejo sexual, já uma dieta pobre tem efeitos negativos na vida sexual. 

Um exemplo disso é a disfunção erétil que é normalmente causada por fatores como obesidade e diabetes, o que são originados a partir de uma dieta ruim e sem o que o corpo realmente precisa. Os alimentos são uma parte importante da vida em geral então não é surpresa que sua dieta pode afetar negativamente a vida sexual. Mudar os hábitos alimentares pode não curar todos os problemas, mas certamente ajuda e é um bom lugar para começar. 

Os efeitos da testosterona no corpo masculino

Antes de tudo é importante entender como a testosterona funciona e só então decidir qual o melhor estimulante sexual natural para o caso. 

A testosterona é um hormônio masculino importante. Um homem começa a produzi-la apenas sete semanas após seu nascimento, mas seu pico se dá durante a puberdade, após os 30 anos em diante é normal que o nível desse hormônio caia um pouco a cada ano que passa.

A maioria dos homens produzem testosterona suficiente, mas existem diversos fatores que podem fazer o corpo produzir pouca testosterona. Os baixos níveis desse hormônio no corpo masculino afeta tudo na vida do homem: desde o sistema reprodutivo e a qualidade da vida sexual até a massa muscular e densidade óssea.

Sistema endócrino 

O sistema endócrino do corpo consiste de glândulas que atuam nos hormônios, o cérebro diz o quanto de testosterona o corpo precisa, assim essas glândulas o produzem. A maior parte é produzida nos testículos, mas uma menor parte vem das glândulas adrenais, localizadas logo acima dos rins. Nas mulheres as glândulas adrenais e os ovários produzem uma pequena porção de testosterona.

Antes de um garoto nascer, é a testosterona que está trabalhando na formação dos órgãos genitais e durante a puberdade é responsável pelo desenvolvimento dos atributos masculinos como voz mais grossa, pelos faciais e corporais, também promovendo massa muscular e desejo sexual.

Sistema reprodutivo

Em média após sete dias do nascimento do homem, a testosterona começa a ajudar a formar os órgãos genitais, na puberdade sua produção aumenta e os testículos e o pênis crescem. Homens com baixos níveis desse hormônio podem desenvolver disfunção erétil, ou D.E como também é conhecido. 

Sexualidade

Durante a puberdade, os níveis de testosterona produzidos pelo corpo aumentam e assim aparecem pêlos pubianos, barba e o aumento dos testículos e pênis. Além disso, também tem o aumento do apetite sexual.

Existe um pouco de verdade na popular teoria “use ou perca”. Um homem com baixas quantidades de seu hormônio sexual pode perder sua libido, uma forma de evitar que isso ocorra é o estímulo sexual, pois a atividade sexual pode aumentar a produção de testosterona. O nível desse hormônio pode cair se o homem estiver sexualmente inativo por um longo período de tempo.  

Cabelo e pele

Quando ocorre a transição da infância para a vida adulta, a testosterona auxilia para o surgimento de barba, pelos nos axilas, ao redor dos órgãos genitais e também nos braços, pernas e peitoral. Um homem com baixos níveis de testosterona pode perder parte dos pelos corporais e faciais.

Músculo, gordura e ossos

A testosterona é um dos grandes fatores responsáveis pelo desenvolvimento da força muscular. Ela aumenta a quantidade de neurotransmissores que ajudam no crescimento dos tecidos, interage com os receptores de DNA responsáveis pela síntese da proteína e torna o crescimento muscular mais fácil e rápido através de exercícios físicos. Homens com baixos níveis desse hormônio são mais propensos a sofrerem fraturas ósseas.

A testosterona também tem um papel importante no metabolismo, ajudando o homem a queimar a gordura de forma mais eficiente.

Sistema circulatório 

A testosterona viaja por todo o corpo através da circulação sanguínea e estudos sugerem que ela tem um efeito positivo no coração, mas os resultados ainda são incertos.

De modo geral, o baixo nível desse hormônio no corpo masculino traz consigo diversos malefícios e quando o corpo por si só diminui a sua produção é necessário recorrer a algum estimulante sexual natural. A busca por determinado estimulante sexual natural tem ganhado ainda mais força quando a preocupação com a saúde aumentou. As pessoas não querem mais utilizar remédios e buscam alternativas naturais para satisfazer seus desejos e necessidades. 

Veja a seguir alguns dos alimentos que podem ser utilizado como um excelente estimulante sexual natural

Ômega 3

O ômega 3 melhora o fluxo sanguíneos, o que está diretamente ligado a ereção. O corpo humano não produz essa gordura, portanto é necessário utilizar suplementos em cápsulas, ou investir em alimentos como salmão, atum, abacates e óleo de oliva. 

Vitamina D

A vitamina D é um ótimo estimulante sexual natural! Essa vitamina está relacionada à produção de testosterona, também auxilia na saúde do coração. A vitamina D também pode ser encontrada em forma de suplementos em cápsulas, salmão, atum, sardinhas, vegetais e frutas. 

Gema de ovo

A gema do ovo também é rica em vitamina D, apesar de o ovo estar ligado ao aumento do colesterol, a gema é mais saudável e contêm mais vitaminas. Se você não tiver nenhum problema de colesterol, você pode consumir até um ovo por dia sem maiores problemas.

Frutos do mar

Frutos do mar são alimentos ricos em zinco, nutriente essencial durante a puberdade e seu consumo pode auxiliar os hormônios masculinos a passar para a fase adulta. O consumo desse mineral aumenta a produção da testosterona. Outra forma de consumir o zinco é através de suplementos em cápsulas.

Bife de fígado

Ainda assim existem alguns cortes de bife ricos em nutrientes que podem aumentar os níveis testosterona no organismo, e entre eles está o bife de fígado, rico em vitamina D e zinco, sendo um ótimo estimulante sexual natural. Apesar de ser um alimento que traz benefícios, evite o consumo de carne vermelha todos os dias e escolha cortes magros.

Feijões

Quando se trata da saúde do homem, o feijão pode ajudar mais do que você pensa. Feijão carioca, branco e preto são considerados fontes de vitamina D e zinco. Feijão cozido também tem esses nutrientes, mas é necessária uma maior quantidade diária para ver seus benefícios. Um bônus do consumo desse alimento é que ele é rico em proteínas que podem proteger a saúde do coração.

Maca peruana

A maca peruana é uma raiz doce com inúmeros benefícios para a saúde. Na América do Sul essa raiz é utilizada para aumentar a fertilidade da mulher e é também chamado de “viagra natural do Peru”. Cresce em montanhas do Peru e está relacionada a outros vegetais incluindo o brócolis, a couve flor, a couve e o repolho.

A maca peruana é um popular estimulante sexual natural e estudos com animais mostraram um aumento significativo na ereção de ratos alimentados com essa raiz.

Ginkgo biloba

Essa erva é derivada de uma das árvores mais antigas do mundo: a árvore Ginkgo Biloba. Popular na China por seus benefícios medicinais é utilizada no tratamento de diversas doenças como a depressão e a baixa libido, podendo ser usada como um estimulante sexual natural uma vez que ajuda a relaxar os vasos sanguíneos e aumento o fluxo de sangue. Apesar dos estudos serem controversos, a ginkgo biloba ganhou popularidade por ser um alimento afrodisíaco.

Conclusão

Exercícios físicos regulares também podem ajudar a aumentar a libido em diversas formas. Um estudo de 2015 mostrou que homens com baixos níveis de testosterona tiveram um aumento na quantidade desse hormônio organismo através de atividades físicas. Os exercícios diários ajudaram a aumentar a libido e a diminuir as preocupações com o corpo, além de ajudar a diminuir as chances de desenvolver diabetes, doença essa que pode causar a disfunção erétil.

Em geral, mudanças de hábitos melhoram não apenas a libido, mas também a saúde como um todo.

One thought on “Estimulante sexual natural: como aumentar a libido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *